TCU identificou irregularidades no anteprojeto do Arco Metropolitano, diz Humberto Costa. Novo edital deve ser lançado até maio

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 25/03/2014 às 16:00
Leitura:
arco Foto: Bernardo Soares / JC Imagem Em entrevista à JC News com Aldo Vilela, o senador Humberto Costa (PT) deu explicações a respeito da suspensão do edital de licitação do Arco Metropolitano. De acordo com o político, os esclarecimentos dados pelo ministro dos Transportes, César Borges, explicam que o Tribunal de Contas verificou inconsistências no anteprojeto elaborado pelo Governo de Pernambuco, como erros de cálculos e de informações. A obra, orçada em mais de R$ 1 bilhão, faz parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Um novo edital deve ser lançado pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) até maio para garantir que a obra não seja realizada com erros e prejuízos para a população. LEIA MAIS Deputado Aloísio Lessa (PSB) e convoca audiência pública para discutir o Arco Metropolitano

Mais Lidas