Definida indenização para vítimas de soro contaminado em hospitais do Recife em 1997


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 26/03/2014 às 18:59
Leitura:
Da Rádio Jornal Foto: Erick França/ Especial para a Rádio Jornal Foto: Erick França/ Especial para a Rádio Jornal

Pacientes e familiares de vítimas do soro contaminado com endotoxina bacteriana em hospitais do Recife, no ano de 1997, vão ser indenizados pelas unidades onde os pacientes tomaram o soro e também pela fabricante do produto.

A sentença foi publicada, nesta quarta-feira (26), no Diário Oficial e a justiça estabeleceu o valor de R$ 150 mil por danos morais aos pacientes vivos e com sequelas e R$ 200 mil para as famílias dos pacientes que já morreram .

Mais de 80 pessoas tomaram o soro, na época. Deste total, 37 morreram e quase 50 estão com sequelas irreversíveis.

Sérgio Morais, representante das famílias das vítimas, falou que esta era uma decisão muito aguardada pelos familiares das vítimas. Ele lembra que a indenização não repara a dor das famílias que perderam seu parentes, mas sentimento de justiça repara.

O processo foi julgado em primeira instância e ainda cabe recurso.

O repórter Erick França, especial para a Rádio Jornal:

Mais Lidas