PCR aguarda decisão da justiça para demolir construção irregular em Afogados


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 26/03/2014 às 17:03
Leitura:
Da Rádio Jornal Foto: Rafael Carneiro/ Rádio Jornal Imóvel de número 316 está causando rachaduras nas construções vizinhas
Foto: Rafael Carneiro/ Rádio Jornal Um imóvel de quatro pavimentos, construído no número 316 da rua Leivinha, na Vila São Miguel em Afogados, no Recife, está causando medo em moradores vizinhos. O edifício de 16 apartamentos começou a ser construído há 2 anos e desde então, casas próximas começaram a apresentar rachaduras e afundamentos de solo nas estruturas.

Várias tentativas de conversa com o proprietário, para a solução dos problemas foram iniciadas e algumas reformas até foram feitas, mas os problemas voltaram à aparecer, segundo a dona de casa Marília da Silva. De acordo com outro morador prejudicado, o estoquista Wellington Ricardo, a construção não tem o aval dos órgãos fiscalizadores.

Uma das casas afetadas pela construção irregular Foto: Rafael Carneiro/ Rádio Jornal Uma das casas afetadas pela construção irregular
Foto: Rafael Carneiro/ Rádio Jornal

Em dezembro do ano passado a defesa civil do Recife foi acionada para analisar às casas e ficou constatado o risco 2 de desabamento moradias.

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (Crea), responsável pela fiscalização, foi procurado mas ainda não se posicionou sobre a edificação. A reportagem tentou contactar por telefone o proprietário do imóvel, mas também não obteve sucesso.

Já a Secretaria Executiva de Controle Urbano confirmou por meio de nota a irregularidade do imóvel. E finaliza informando que um processo administrativo está em andamento e será entregue à justiça para que o edifício seja demolido.

O repórter Rafael Carneio, da Rádio Jornal, foi ao local e traz todos os detalhes na reportagem:


Mais Lidas