Cremepe adia mais uma vez prazo para conclusão da investigações

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 28/03/2014 às 16:53
Leitura:
Imagem CREMEPE Foto: Isis Lima / Rádio Jornal O Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (CREMEPE) adiou, por mais 60 dias, o prazo para conclusão das investigações sobre o caso da empresária Fernanda Nóbrega. A empresária morreu após apresentar complicações em decorrência de uma cirurgia de redução de estômago. É a segunda prorrogação da sindicância aberta pela entidade em novembro de 2013. Com o novo prazo, que se encerra em maio, a apuração sobre o caso de Fernanda Nóbrega vai totalizar 180 dias. A empresária morreu no dia 2 de novembro de 2013. A família alega que Fernanda não tinha obesidade mórbida e precisou engordar para o processo cirúrgico. Mais informações na reportagem de Fernando Alvarenga:

Mais Lidas