Polícia acredita que vingança pode ter motivado assassinato de empresário em agência


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 01/04/2014 às 8:04
Leitura:
Da Rádio Jornal Atualizado às 11h08 Empresário foi baleado quando saía da agência do Banco do Brasil, no bairro do Derby Foto: Michele Souza/JC Imagem Empresário foi baleado quando saía da agência do Banco do Brasil, no bairro do Derby
Foto: Michele Souza/JC Imagem

Um homem foi morto nesta segunda-feira após sair de uma agência bancária na Agamenon Magalhães, no Recife. O empresário Gildean Genilson Teixeira da Silva, de 39 anos, sacou R$ 8 mil e foi surpreendido por um assaltante.

De acordo com a polícia, a vítima reagiu e foi atingida por seis disparos na cabeça, no braço, no tórax e no pescoço. Ele chegou a ser socorrido no Hospital da Restauração, no bairro do Derby, na área central do Recife, mas não resistiu aos ferimentos.

O criminoso fugiu numa moto com outro suspeito. A principal linha de investigação das autoridades é a de latrocínio, roubo seguido de morte. No entanto, a quantia retirada no banco não foi levada pelos bandidos, como informou a delegada Maria Alice.

A delegada revelou também que um ex-funcionário demitido recentemente ameaçou Gildean. Por isso, a hipótese de vingança não está descartada.

Gildean Genilson nasceu em Nazaré da Mata e era dono de uma empresa de instalação elétrica em paulista. O corpo do empresário foi levado ao Instituto de Medicina Legal (IML) para perícia e deve ser liberado na manhã de hoje.

A repórter Karoline Fernandes foi ao IML, na manhã desta terça-feira (1º) mas os familiares não quiseram gravar entrevista:

Confira os detalhes na reportagem de Houldine Nascimento, especial para a Rádio Jornal:


Mais Lidas