Polícia continua buscas pelos outros dois envolvidos na morte do Torcedor Paulo Ricardo, suspeito preso possui antecedentes criminais

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 05/05/2014 às 17:38
Leitura:
Atualizada às 10h 06.05.14 torcedor-morto1 Foto:  Ana Maria Miranda /NE10 A Polícia Militar prendeu nesta segunda-feira(5) um dos suspeitos de ter participado da morte de Paulo Ricardo Gomes da Silva, de 26 anos, assassinado após partida entre Santa Cruz e Paraná, no Arruda. Everton Felipe Santigo, de 23 anos, foi detido em uma escola, no bairro de Ouro Preto, em Olinda, onde trabalhava. Em entrevista à JC News com Aldo Vilela, Adelson José da Silva, advogado do torcedor preso, disse que Everton Santiago confessou apenas participação no assassinato, mas que não admitiu que jogou a privada que matou o torcedor. Nesta terça (6), o advogado vai analisar com a família do suspeito se haverá o pedido para que ele responda o processo em liberdade. O suspeito foi levado ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), no bairro do Cordeiro, na Zona Oeste do Recife. Inicialmente ele negou ter envolvimento com o crime, mas após a polícia encontrar conversas no celular dele falando sobre o caso com integrantes de torcidas organizadas, ele confessou participação no assassinato e entregou o nome de mais duas pessoas. As identidades dos outros dois suspeitos não foram reveladas. Everton Felipe foi encontrado depois de um telefonema recebido pelo Disque-Denuncia. No momento, ele está prestando depoimento no DHPP. O repórter Handerley Souza traz as informações da delegacia: Em coletiva de imprensa na Federação Pernambucana de Futebol (FPF), no Bairro da Boa vista, no Centro do Recife, o vice-presidente da FPF, Pedro de Paula Barreto, afirmou que a federação irá realizar uma reunião com o Ministério Público de Pernambuco, Governo do Estado e com os clubes para tentar diminuir a violência nos estádios.  Na ocasião, a superintendente do Disque-Denúncia, Carmela Galindo também informou que continua a campanha contra a violência nos estádios em parceria com a FPF. Mais informações nos flashes da repórter Clarissa Siqueira: A polícia continua a procura dos outros dois suspeitos no envolvimento na morte do torcedor Paulo Ricardo Gomes da Silva, que faleceu após ser atingindo por um vaso sanitário no Estádio do Arruda. De acordo com o Tribunal de Justiça de Pernambuco, Everton Felipe Santiago tem antecedentes criminais por porte ilegal de armas. Mais informações com a repórter Clarissa Siqueira: LEIA TAMBÉM: Presidente do Santa Cruz afirma que o time irá recorrer da decisão do STJD Torcedor morto no Arruda é sepultado no Cemitério de Santo Amaro Torcedor morre atingido por vaso sanitário após jogo no Arruda

Mais Lidas