Vítimas da violência nos estádios se reúnem em ato pela paz em frente à Igreja do Pina


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 06/05/2014 às 10:28
Leitura:
Da Rádio Jornal Passeata foi realizada em fevereiro de 2013 por Lucas Lyra. Foto: Rômulo Alcoforado/Especial para o Blog do Torcedor Passeata foi realizada em fevereiro de 2013 por Lucas Lyra. Foto: Rômulo Alcoforado/Especial para o Blog do Torcedor Nesta terça-feira (6), familiares e amigos de pessoas que já sofreram com a violência nos estádios prometem se reunir para pedir paz nos campos de futebol. O ato está marcado para acontecer às 17h30, em frente à igreja do Pina, na Zona Sul do Recife. O último caso de violência que chocou Pernambuco, o Brasil e o mundo, foi a morte do torcedor Paulo Ricardo Gomes da Silva, atingido com uma privada, na última sexta-feira (2), no estádio do Arruda, na Zona Norte do Recife. A manifestação pacífica promete reunir não apenas familiares e amigos de Paulo Ricardo, mas todos que desejam dar um basta nessa situação. É o caso da família de Lucas Lyra, de 20 anos, baleado na nuca em frente ao Estádio dos Aflitos, em fevereiro de 2013. Hoje, ele continua deitado em uma cama de hospital, aos cuidados da mãe, Cristina Lyra, e familiares. Segundo ela, o filho tinha 1% de chance de sobreviver. Hoje ele está consciente. Ao tomar conhecimento do drama de Joelma Valdevino, mãe de Paulo Ricardo, Cristina Lyra fala o que sentiu: Thiago Valdevino, tio de Paulo Ricardo, fala como os familiares estão lidando com essa perda tão repentina.

Mais Lidas