Força Nacional de Segurança continua no esquema de policiamento ostensivo

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 16/05/2014 às 10:14
Leitura:
Da Rádio Jornal Atualizada às 14h30 Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem O Exército e a Força Nacional de Segurança Pública continuam colaborando com a segurança na região nesta sexta-feira (16), mesmo com o fim da greve da Polícia Militar e dos Bombeiros em Pernambuco. A parceria com as forças armadas continuará até que as atividade dos policiais militares esteja normalizada os saques tenham cessado. O ministro da justiça, Eduardo Cardoso, afirmou que os oficiais do exército, Marinha e Aeronáutica estão à disposição do governo pernambucano para atuarem na contenção da onda de violência. Confira mais informações na reportagem de Juscelino Silva. Em entrevista ao comunicador Geraldo Freire, o secretário de Imprensa do Governo do Estado, Ivan Maurício,  afirmou que a continuação da parceria com as tropas da força nacional necessária para garantir a segurança dos cidadãos. "Quando o solicitante requisita as forças nacionais, ele pode determinar o momento em que não é necessária mais essa colaboração. Isso vai depender de uma avaliação do governo do estado", afirmou. "A  democracia não é apenas exercer o direito de votar, é também cumprir as leis. E existe uma lei que determina que policial não pode fazer greve", completou. Ouça a entrevista na íntegra: >> Presença de soldados do exército transforma avenida de grande movimento em Olinda em campo de guerra

Mais Lidas