Cineasta Karim Aïnouz rebate Wagner Moura: "Sempre deu para viver aqui"

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 17/05/2014 às 22:30
Leitura:
Da Redação Karim Aïnouz Atores e diretor de "Praia do Futuro" em Berlim. Da direita para a esquerda: Jesuíta Barbosa, Karim Aïnouz, Wagner Moura e Clemens Schick. Foto: Divulgação O quadro Sessão de Cinema do programa JC News com Eden Pereira desta sexta-feira (16) trouxe uma entrevista que o repórter Houldine Nascimento fez com o cineasta cearense Karim Aïnouz, diretor de "Praia do Futuro". A produção chega aos cinemas neste fim de semana. Ouça a coluna na íntegra: Entre os assuntos da conversa, estão o processo de realização do longa-metragem, a recepção do público no Festival de Berlim quando concorreu em fevereiro, além de uma declaração polêmica do ator Wagner Moura, protagonista do filme. Recentemente, Moura disse "estar impossível viver no Brasil" por estar insatisfeito com a política do País. Karim Aïnouz falou com exclusividade para a JC News sobre o tema, deixando claro que discorda do ator. " Acho que sempre deu para viver aqui. Sempre tem momentos mais complicados ou menos. O País está passando por um momento difícil, mas ao mesmo tempo muito interessante porque estamos conseguindo colocar de maneira muito clara o que a gente precisa. Já esteve bem pior. Na época dos militares era horroroso", pontua. Confira a entrevista completa: As estreias da semana, o 67º Festival de Cannes e a carreira do cineasta John Hughes (1950-2009) também estiveram na coluna. Participam do quadro a jornalista Aracely Nóbrega e o teólogo Fernando Queiroz, que discorre sobre a produção cristã "À Prova de Fogo".

Mais Lidas