Policiais militares e deputados estaduais se reúnem para discutir os resultados da greve

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 19/05/2014 às 15:48
Leitura:
Um dos pontos de reivindicação da Polícia Militar e bombeiros durante a paralisação da categoria foi a revisão do plano de cargos e carreiras. E é sobre esse assunto que acontece a partir das 15hrs nesta segunda-feira (19), na Assembleia Legislativa de Pernambuco, uma reunião dos policiais com os deputados. O comitê suprapartidário é formado por nomes, e exemplo do presidente da Alepe, Guilherme Ychôa, Isaltino Nascimento, Daniel Coelho e Alberto Feitosa. De acordo com o sub-tenente Ricardo Lima a expectativa é que a análise do plano de cargos e carreiras seja feita rapidamente e que termine antes do prazo proposto durante a greve da PM, que foi dia 30 de julho. Sobre a possibilidade de punição aos policiais militares que participaram da greve, Ricardo Lima apontou que esse assunto não deve ser debatido na reunião com os deputados, pois ele acredita que a categoria não pode sofrer retaliações. O comitê suprapartidário formado pelos deputados que participam da reunião nesta segunda teve papel importante na negociação da greve. A paralisação dos policiais militares e bombeiros terminou na noite de quinta-feira (15). Além da revisão do plano de cargos, a categoria negociou com o governo a criação de um comitê para a reforma do hospital militar e a inclusão da taxa por risco de vida no salário, deixando de ser gratificação. Mais informações com a repórter Clarissa Siqueira:

Mais Lidas