Risco de epidemia de dengue é maior no Recife, em Natal e Fortaleza, dizem especialistas

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 21/05/2014 às 17:17
Leitura:
Da Rádio Jornal Foto: Acervo  Foto: Acervo

Cientistas alertaram para a possibilidade de haver epidemia de dengue em três das doze cidades-sede brasileiras durante a copa. Os especialistas disseram que a ameaça geral da doença durante a competição de um mês é baixa, mas afirmaram que em Natal, Fortaleza e Recife o risco é maior.

De acordo com a infectologista Sylvia Hinrichsen além da dengue, é preciso se prevenir contra outras doenças como, tétano, poliomielite, sarampo, rubéola.

O Recife vai receber seleções e torcidas da Alemanha, Estados Unidos, Costa do Marfim, Croácia, México, Japão, Costa Rica e Itália. Ainda de acordo com a infectologista, é preciso ter cuidado com doenças comuns em outros países.

A população pode ter acesso à vacina contra o sarampo, a rubéola e a coqueluche, a chamada tríplice viral, além do tétano e a febre amarela através do Sistema Único de Saúde (SUS.)

Mais informações com o repórter Carlos Simões:

Mais Lidas