"É um absurdo que tenhamos que jogar no lixo tantos alimentos", diz engenheiro da FAO

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 27/05/2014 às 11:18
Leitura:
Da Rádio JC News Nesta terça-feira (27), os apresentadores da JC News, Graça Araújo e Antônio Martins Neto, conversaram com o representante da o engenheiro da Organização das Nações Unidas Para Alimentação e Agricultura (FAO) no Brasil, Alan Bojanic, que falou sobre o modelo de produção alimentar do Brasil. Alan comentou ainda sobre a produção em regiões com grande potencial agrícola, especialmente como os países da África e da América Central, e que possuem populações que passam fome. Sobre o desperdício alimentar, o engenheiro afirmou que é um dos principais fatores de manutenção da fome no mundo, além dos problemas de distribuição e dos interesses políticos. "A fome é um instrumento de violência", alertou. Sobre o consumo de sódio, Alan afirma que o brasileiro consome uma média de três a quatro vezes superior ao recomendado, que é de até quatro gramas por dia. "Não é só uma questão de regulamentação ou políticas públicas. Isto é uma questão de atitude, de costumes e de comunicação. O Estado tem que fazer campanhas que incentivem a redução do consumo de sal", completa. Ouça a entrevista completa no player abaixo:

Mais Lidas