Eduardo Campos promete cortes nos gastos com ministérios, mas não especifica quais

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 27/05/2014 às 12:00
Leitura:
Da Rádio Jornal Eduardo Campos no Roda Viva. Foto: reprodução TV Cultura Eduardo Campos no Roda Viva. Foto: reprodução TV Cultura Nesta segunda-feira (26), o ex-governador de Pernambuco e pré-candidato à presidência da república pelo PSB, Eduardo Campos, participou de uma sabatina no programa roda viva, da Tv Cultura (SP). Eduardo criticou Lula e Dilma Rousseff, afirmando que a presidenta não conseguiu fazer uma política diferente dos antecessores. Se fosse eleito, uma das medidas prometidas por Eduardo seria reduzir pela metade os ministérios que existem no Brasil, mas não disse quais seriam cortados. O país possui 39 pastas, entre elas as secretarias da Mulher, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos. Tendo como candidata a vice a ex-senadora evangélica, Marina Silva, o ex-governador do estado comentou temas polêmicos, como aborto e drogas, reafirmando que é contra o aborto. Ele responsabilizou as drogas como maior causa da violência no país. Ele também defendeu os direitos dos homossexuais. Ouça a reportagem de Houldine Nascimento:

Mais Lidas