Pai do torcedor do Sport morto no Estádio do Arruda diz que perdoa os culpados


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 03/06/2014 às 9:17
Leitura:
Da Rádio Jornal Missa torcedor Foto: Juscelino Silva/Rádio Jornal Realizada na noite desta segunda-feira (02), na Igreja De Santa Cruz, no bairro da Boa Vista, no Recife, a Missa pela paz no futebol reuniu representantes dos três times da capital pernambucana, familiares e amigos do torcedor Paulo Ricardo Gomes da Silva. O metalúrgico foi morto após a partida entre Santa Cruz e Paraná no Estádio do Arruda. A celebração marcou o 30º dia do falecimento do torcedor e foi realizada pelo arcebispo de Olinda e Recife, Dom Fernando Saburido, e outros representantes da Igreja Católica. A missa foi marcada pela emoção, quando a mãe do jovem Paulo Ricardo, Joelma Valdevino, passou mal e teve que ser socorrida. Durante a celebração, o pai de Paulo Ricardo, José Paulo, disse que a família perdoa os culpados. Ouça a reportagem de Juscelino Silva:

Mais Lidas