Construtoras afirmam que vão analisar novas propostas para o projeto Novo Recife


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 05/06/2014 às 15:51
Leitura:
Da Rádio Jornal Demolição dos galpões do Cais José Estelita começaram no dia 21 de maio. Integrantes de movimentos sociais ocupam o espaço, desde então Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem Demolição dos galpões do Cais José Estelita começaram no dia 21 de maio. Integrantes de movimentos sociais ocupam o espaço, desde então
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem

Mais uma reunião comandada pelo prefeito Geraldo Julio discutiu nesta quinta-feira (5) propostas alternativas para o Projeto Novo Recife. O encontro, realizado no gabinete do prefeito reuniu secretários municipais, representantes de entidades de classe como o Crea e a OAB, instituições como a Universidade Federal de Pernambuco e também das construtoras responsáveis pelo Consórcio Novo Recife.

LEIA TAMBÉM: Prefeitura do Recife suspende alvará de demolição dos galpões no Cais José Estelita

O prefeito Geraldo Julio defendeu o encontro e disse que "fica clara a forma democrática como a prefeitura trata os assuntos de interesse público". Nesta sexta-feira (6), um novo encontro vai ser realizado no Ministério Público com as mesmas entidades que participaram da reunião desta quinta.

O engenheiro civil e representante do Consórcio Novo Recife, Eduardo Moura informou que o consórcio está disposto ao diálogo. Ele informou que o projeto foi criado com a ajuda de três arquitetos e espera que a partir desta mediação os manifestantes desocupem o Cais José Estelita.

Outras informações com a repórter Karoline Fernandes:


Mais Lidas