Lei que determina que escolas exibam filmes nacionais esbarra na falta de equipamento nas instituições

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 15/07/2014 às 11:40
Leitura:
cinema Já está em vigor, desde o final do mês do junho, a lei que determina escolas de todo o Brasil a exibir pelo menos duas horas de filmes de produção nacional para os alunos como parte da grade de aula. No entanto, de acordo com o censo escolar 2013, 43 mil escolas brasileiras não estão preparadas: faltam aparelhos de TV e DVD para atender a lei. A maior deficiência está nas regiões Norte e Nordeste do país, como detalha a presidente da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), Creuza Repulho: Para Heleno Araújo, presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe), falta conversa com a comunidade escolar para atender a demanda e as individualidades de cada uma. De acordo com o Sintepe, cerca de 70 mil trabalhadores estão associados ao sindicato distribuídos em 1500 escolas, 1100 estaduais e 400 municipais, em 32 cidades.

Mais Lidas