Leilão deve destravar projetos de energia solar no mercado brasileiro

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 15/07/2014 às 18:48
Leitura:
Realidade em países como alemanha e japão, a energia solar deve dar seu primeiro passo efetivo no mercado brasileiro em outubro, quando será realizado o próximo leilão de energia de reserva. A expectativa é de que sejam leiloados entre 500 mw e 1 gw de energia solar - um fato inédito no brasil. Em 2013, o governo brasileiro autorizou a presença de empreendimentos solares em dois leilões, mas em nenhum deles a energia foi vendida, por não ter preço competitivo. O leilão de outubro deve ter desfecho diferente. O governo decidiu promover uma disputa em que não haja concorrência entre as fontes. Isso significa que, ao contrário do que aconteceu no ano passado, os projetos solares não vão disputar espaço com empreendimentos mais competitivos, como os eólicos. O professor Heitor Scalambrini, do departamento de engenharia elétrica da UFPE se aprofunda no assunto.

Mais Lidas