TJPE decreta ilegalidade da greve dos enfermeiros do Recife

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 23/07/2014 às 9:22
Leitura:
cb77bd63d3f92c788413ce34d424223b Foto: Alexandre Gondim / JC Imagem O Tribunal de Justiça de Pernambuco decretou, nessa terça-feira (22), a ilegalidade da greve dos enfermeiros da rede municipal de saúde do Recife. A decisão a favor da Prefeitura foi tomada pelo desembargador Alberto Nogueira Virgínio. Caso os trabalhadores descumpram a ordem judicial, o sindicato que representa a categoria terá que desembolsar R$ 100 mil por dia. A Secretaria de Saúde do município convoca os enfermeiros a retomar as atividades nesta quarta-feira (23). Quem não cumprir a carga horária terá o dia descontado do valor do salário de julho. A Prefeitura do Recife promete retomar a negociação com os trabalhadores assim que a greve termine, como explica o secretário Jailson Correia, em entrevista à JC News com Antônio Martins Neto: Na terça, os grevistas protestaram na frente do prédio onde o prefeito Geraldo Julio mora e na sede da administração municipal, no Cais do Apolo. Samires Roriz, advogada do Sindicato dos Enfermeiros, opta pela cautela ao comentar o revés judicial:

Mais Lidas