Professora de literatura fala sobre o legado e a saudade deixada pelo mestre paraibano, Ariano Suassuna

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 24/07/2014 às 8:56
Leitura:
Da JC News ariano-AS-580 destaque news Foto: Alexandre Severo / JC Imagem A literatura brasileira foi abalada, nessa quarta-feira (23), com a morte do escritor Ariano Suassuna. O paraibano, além de deixar legado em livros, deu grande contribuição ao teatro, artes plásticas e na música. Para falar da importância de Ariano e sobre a contribuição dele na cultura do País, a âncora Graça Araújo conversou com a professora de português, com especialização em literatura e redação, Graça Migliorini. Ela recebeu a notícia em sala de aula e chorou junto com os alunos pela informação. Quando disseram que o mestre havia morrido ela corrigiu, dizendo que Ariano transcendeu e virou essência para todos nós. Além disso, Migliorini relembra o amor que ele tinha por Pernambuco, a participação dele no movimento Armorial e a paixão que ele tinha por viver. [Ouça entrevista na íntegra]

Mais Lidas