Mesmo sem reivindicações serem atendidas, professores do Recife voltam às aulas


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 25/07/2014 às 12:42
Leitura:
Da Rádio Jornal escolas Foto: Ísis Lima/Rádio Jornal Nesta sexta-feira (25), após a suspensão da greve dos professores da rede Municipal do Recife, que durou nove dias, as escolas da cidade voltaram a funcionar em ritmo quase normal. A categoria decidiu interromper a paralisação na quinta-feira (24), já que a Prefeitura do Recife afirmou que as negociações só seriam retomadas com os docentes em sala de aula. Para o pedagogo Plínio Maciel, o fim da greve pode enfraquecer o movimento, já que o retorno às aulas podem ser usados pela Prefeitura como desculpa para adiar as negociações. "Entrei na rede há quase três anos e estamos sempre discutindo que os nossos direitos estão na lei e eles precisam ser cumpridos", completa. Os professores reivindicam o cumprimento da Lei do Piso, aumento na titulação dos professores, descongelamento das gratificações e aposentadoria especial para professores que não estão em regência. Atualmente, a rede de ensino conta com cerca de 90 mil alunos, 6 mil professores e 323 escolas.

Mais Lidas