Saiba como um aposentado desaparecido foi ao próprio velório no Piauí


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 28/07/2014 às 8:31
Leitura:
Da Rádio Jornal Foto: Sílvio Vieira/Cliquepiripiri Foto: Sílvio Vieira/Cliquepiripiri A curiosa história de Manoel Romão, de 67 anos, parece coisa de filme, mas é real. Ele foi tido como morto por atropelamento na BR-343, próximo a cidade de Piripiri, Norte do Piauí. Na agonia pelo parente desaparecido, a família acabou reconhecendo o corpo e procedeu com todos os trâmites legais para o sepultamento. Na hora em que estava sendo velado, Manoel Romão chegou vivo e deu um susto em todos os familiares. No final das contas, o corpo era de um outro homem. Após o susto, os filhos do aposentado, que moravam no Rio de Janeiro há 20 anos, ficaram muito felizes por rever o pai. Agora, Manoel Romão terá que ir á delegacia dar uma prova de vida e desfazer os documentos que confirmavam o engano. Ouça a história completa na voz de Gino César.

Mais Lidas