Pescadores artesanais reclamam de determinações no Programa Chapéu de Palha


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 05/08/2014 às 16:31
Leitura:
Da Rádio Jornal Pescadores e catadores de marisco da colônia G2, em Paulista, Grande Recife denunciam problemas no Programa Chapéu de Palha Pesca Artesanal. O projeto oferece auxílio de R$256 reais e cursos de capacitação e alfabetização. De acordo com os beneficiados, a profissionalização oferecida não ajuda aos pescadores e o dinheiro só é depositado para quem comparece as aulas. Além disso, os pescadores afirmam que o local onde as aulas são ministradas é muito perigoso. Os moradores da colônia planejam um protesto na frente do Palácio do Campo das Princesas, no bairro de Santo Antônio. A Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária do estado informou que só pode tomar providências quando os pescadores procurarem a gestão.

Mais Lidas