Vírus ebola tem causado grande preocupação em alguns países do continente africano

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 06/08/2014 às 20:45
Leitura:
Da Rádio Jornal - Foto: Seyllou / AFP Desde o início deste ano, o vírus ebola tem causado centenas de vítimas no continente africano. Em quatro países da região, 932 pessoas morreram por conta da febre hemorrágica provocada pelo vírus. A Organização Mundial de Saúde (OMS) está fazendo reuniões de emergência para detectar o alcance da doença, por enquanto epidêmica. O vírus pode ser considerado dentro de alguns dias uma ameaça sanitária mundial. Nesta quarta-feira (6), o Consultório do Rádio Livre trouxe como tema o vírus ebola. A âncora Graça Araújo entrevistou a infectologista Sylvia Hinrichsen e o epidemiologista e controlador de infecções George Trigueiro para esclarecer os sintomas, as causas, além de outros detalhes relacionados à febre. Ouça o Consultório na íntegra: HISTÓRICO O vírus ebola foi detectado pela primeira vez em 1976, com surtos no Sudão e na República Democrática do Congo, numa localidade próxima ao Rio Ebola, daí o nome da enfermidade. A letalidade da doença é alta. A febre pode ser contraída tanto de humanos quanto de animais. Especula-se que os hospedeiros naturais do vírus ebola são morcegos frutíferos. E a vítima tem grandes chances de contraí-la caso se alimente de uma comida contaminada. A transmissão se dá através de contato com sangue, secreções ou fluídos corporais. Por isso, os médicos usam aparatos que impeçam contato direto com os pacientes.

Mais Lidas