Apenas 10% dos funcionários trabalharam no primeiro dia de greve, em Suape


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 08/08/2014 às 16:18
Leitura:
bb6926ba813409a2c3d13344dcd6c417 Foto: Divulgação O primeiro dia de greve dos trabalhadores da Refinaria Abreu e Lima, em Suape afetou o funcionamento do Complexo Portuário nesta sexta-feira (8). Apenas 10% dos funcionários seguem trabalhando normalmente. Segundo representantes dos 40 mil trabalhadores da Refinaria Abreu e Lima, a greve é legítima. Os trabalhadores vão se reunir na próxima segunda-feira para a nova assembleia. Na ocasião, eles pretendem analisar as propostas dos patrões e decidir se voltam ou não ao trabalho. A categoria reivindica reajuste de 13% - enquanto a proposta patronal é de apenas 7% - cesta básica de R$ 408 e adicional de periculosidade de 30% sobre o salário.

Mais Lidas