Santa vence o Náutico e perpetua tabu de cinco anos sem perder para alvirrubros no Arruda

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 09/08/2014 às 15:45
Leitura:
Atualizada às 18h26   santa náutico A partida entre Sata Cruz e Náutico deste sábado (9) teve um primeiro tempo coberto de lances ousados, em especial pelo lado tricolor, mas sem nenhum gol. Foi no segundo tempo que o Tricolor passou à frente e conseguiu a vitória. O Coral agora é o 9º colocado com 22 pontos enquanto o Náutico cai para 14º com 18.O primeiro tempo foi coberto de lances ousados, em especial pelo lado tricolor, mas sem nenhum gol. Foi no segundo tempo que o Tricolor passou à frente e conseguiu a vitória. O Coral agora é o 9º colocado com 22 pontos enquanto o Náutico cai para 14º com 18. Os dois times não se enfrentavam na Série B do Campeonato Brasileiro desde 2005. A partida perpetuou um outro tabu: há cinco anos que o Náutico não vence o Santa Cruz no Estádio do Arruda. PRIMEIRO TEMPO Tanto o Náutico quanto o Santa Cruz tiveram chances, mas o que se destacou foi a atuação de Léo Gamalho. Pelo lado alvirrubro, Raí chegou a ter um boa chance aos 8 minutos quanto cobrou escanteio e mandou a bola para a área coral, mas Sandro Manoel afastou o perigo. SEGUNDO TEMPO Foi só aos 11 minutos do segundo tempo que Keno conseguiu marcar o primeiro do Santa Cruz, que também foi o primeiro do jogo e o primeiro dele na competição. Ouça abaixo com a narração de Aroldo Costa, "Garganta de Aço": O segundo gol da partida saiu pelos pés de Wescley, dois minutos depois do meio-campista entrar em campo. A bola foi recebida dos pés de Leo Gamalho e não o goleiro Alessandro ficou sem reação. Quando o placar parecia consolidado, a dobradinha entre Leo Gamalho e Wescley resultou em mais um golaço. Ouça na narração do Garganta de Aço. FICHA DA PARTIDA SANTA CRUZ X NÁUTICO SANTA CRUZ Tiago Cardoso; Tony, Everton Sena, Marllon e Renatinho; Sandro Manoel, Everton, Carlos Alberto e Natan (Wescley); Pingo e Léo Gamalho. Técnico: Sérgio Guedes. NÁUTICO Alessandro, Neílson, Mario Risso, Renato Chaves e Raí; Elicarlos, Gilmak, Roberto, Marcos Vinícius e Marinho; Tadeu. Técnico: Sidney Moraes. Local: Arruda, Recife (PE). Horário: sábado, às 16h20. Árbitro: Pericles Bassols Pegado Cortez (RJ). Auxiliares: Clovis Amaral da Silva e Albino Andrade Albert Junior (ambos de Pernambuco).

Mais Lidas