Interdição do mercado Eufrásio Barbosa deixa maracatu Nação Pernambuco sem sede

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 11/08/2014 às 7:50
Leitura:
Ultima Foto: Reprodução / Internet Sem o mercado Eufrásio Barbosa, Maracatu Nação Pernambuco tenta negociar com a Prefeitura de Olinda um novo espaço. Representantes do grupo cultural vão, nesta segunda-feira (11), até a sede da prefeitura para conversar com o prefeito Renildo Calheiros. A interdição repentina do prédio construído no final do século XIX expressa o abandono do poder público. O mercado Eufrásio Barbosa é um dos cartões postais da cidade Patrimônio Cultural da Humanidade. Com o tempo, o espaço foi perdendo o glamour e restou ser o ponto de encontro dos integrantes do maracatu. A interdição, na última sexta-feira (8), foi motivada pelo risco de desabamento do teto do salão principal, segundo a Prefeitura. O mercado Eufrásio Barbosa vai passar por reforma a partir de outubro deste ano. As obras vão ser feitas com recursos do Prodetur. O morador de Olinda há mais de quarenta anos, Roberto Freitas, diz que o espaço estava caindo aos pedaços: O maracatu Nação Pernambuco está prestes a comemorar 25 anos de cultura popular. Amélia Veloso, uma das integrantes do grupo cultural, diz que o problema é mais sério do que se imagina:

Mais Lidas