Maior distribuidor de aves silvestres do Grande Recife é preso novamente na feira do Cordeiro

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 11/08/2014 às 7:25
Leitura:
O suspeito Joseildo Manoel Silva, de 44 anos, o Ceará, é um velho conhecido dos órgãos de fiscalização. As espécies eram transportadas até a feira do Cordeiro, na Zona Oeste do Recife, na mala do carro em pequenas gaiolas. Adquiridas por, em média, R$ 2, as aves eram comercializadas pelo acusado na feira por até R$ 40. Foram encontrados galos de campina, patativas e papa capins pássaros típicos da fauna do Agreste pernambucano. Joseildo Manoel Silva já havia sido preso pelo mesmo crime em 2006, no município de Bezerros. O comércio ilegal de aves da fauna ameaçadas de extinção é passível de pena que vai de nove meses a um ano e meio de prisão. O sargento Silva Neto, da Companhia Independente de Policiamento do Meio Ambiente (Cipoma), fala da operação:

Mais Lidas