O processo seguro de transplantes no Brasil e o crime de venda de órgãos no exterior

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 11/08/2014 às 12:00
Leitura:
traficooo O debate na JC News com Clarissa Siqueira, desta segunda-feira (11), falou sobre transplantes de órgãos, e o crime por venda de órgãos transplantados. Participam do programa a coordenadora da Central de Transplantes, Noemi Gomes, o transplantado de coração há 14 anos, Fernando Antônio, e o chefe de comunicação da Polícia Federal, Giovani Santoro. Em entrevista, a importância dos transplantes, que salvam milhares de vidas todos os anos. A chefe da central garante que o procedimento no Brasil é seguro, e que as pessoas podem ficar tranquilas. Até se completar a doação de órgãos, é preciso cumprir uma série de exigências, vários exames, lista de espera e avaliação médica. Os crimes de venda de órgãos se tratam primeiro do aliciamento de pessoas que são levadas para o exterior para que seja feito lá fora, o que não é permitido no País. Giovanni Santoro, da Polícia Federal, lembra que quem vende os órgãos também responde criminalmente. Ouça programa na íntegra com depoimento de Fernando Antônio, que tem um coração transplantado há 14 anos:

Mais Lidas