Nova assembleia pode definir rumo da greve em Suape

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 12/08/2014 às 9:00
Leitura:
suape Foto: Igo Bione / JC Imagem Uma assembleia realizada na manhã desta terça-feira (12) vai definir os rumos das mobilizações no complexo industrial e portuário, no Cabo de Santo Agostinho. A paralisação foi deflagrada na última sexta-feira (8) e tem o envolvimento de parte significativa da categoria. Na segunda-feira (11), o sindicato patronal ofereceu um reajuste de 8%, mas a categoria não aceitou a proposta. Os trabalhadores reivindicam 13% de aumento, periculosidade de 30% e cesta básica de R$ 408. O diretor de Fiscalização do Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias de Construção de Estradas, Pavimentação e Obras de Terraplenagem em Geral no Estado de Pernambuco (Sintepav), Leodelson bastos, comentou as decisões da segunda-feira: O Sindicato Nacional da Industria da Construção Pesada (Sinicon) informa que a greve não altera a rotina nas obras em Suape. Margareth Rubem, representante do patronato falou que a postura é de acionar a justiça do trabalho:

Mais Lidas