Mais de 150 mil pessoas prestam homenagens a Eduardo Campos em velório e enterro


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 18/08/2014 às 8:55
Leitura:
Da Rádio Jornal Foto: Diego Nigro/JC Imagem Foto: Diego Nigro/JC Imagem A fila para dar o último adeus ao ex-governador e ex-candidato a presidente da república, Eduardo Campos, chegou a mais de três quilômetros nesse domingo (17). Ele foi velado em frente ao palácio do campo das princesas e enterrado no cemitério de santo amaro, ao lado de seu avô, o ex-governador de Pernambuco, Miguel Arraes. Entre os anônimos, trabalhadores rurais, idosos, sertanejos, desempregados, servidores públicos, pessoas com deficiência e crianças. A funcionária pública Maria de Lourdes Melo veio com um grupo de Garanhuns para prestar as últimas homenagens: O funcionário público João Domingos dos Santos diz que o ex-governador deixa um importante legado: Foto: Diego Nigro/JC Imagem Foto: Diego Nigro/JC Imagem Grupos de maracatu de baque solto e maracatu rural também participaram da cerimônia na Praça da República, em frente à sede do governo. É preciso destacar ainda as manifestações de pesar, as lágrimas de gente humilde sofrendo com a perda daquele que consideravam líder. Foto: reprodução/internet Foto: reprodução/internet Também chamou a atenção o exagerado número de selfies feitos no local onde estavam os caixões e os familiares das vítimas do acidente aéreo. Solidariedade Foto: reprodução/internet Foto: reprodução/internet A presidente Dilma Rousseff chegou a ser vaiada por militantes do PSB antes da salva de palmas recebida do público ao cumprimentar familiares de Eduardo Campos. Assim como a petista, o ex-presidente Lula e o presidenciável Aécio Neves, do PSDB, optaram pelo silêncio com a imprensa. Clima de campanha Com lágrimas e saudade, clima de campanha política e show pirotécnico, pernambucanos dão o último adeus a Eduardo Campos. Saiba mais na reportagem de Rafael Carneiro: O último adeus a Eduardo Campos foi marcado também pela conotação política. O material de campanha estava explícito com bandeiras, adesivos e camisas com frases do candidato morto. campanha Foto: reprodução/internet A frase Eduardo, guerreiro do povo brasileiro baseada no lema do avô Miguel Arraes foi repetida várias vezes. O deputado Federal Raul Henry, candidato a vice governador na chapa encabeçada pelo PSB comenta o clima: Já o deputado Federal e ex-governador de Pernambuco, Mendonça filho, ex-adversário político de Eduardo, valoriza o aspecto humanista do socialista: Leia também: Jingle de campanha de Paulo Câmara foi tocado no trajeto do cortejo

Mais Lidas