"Vice de Marina deveria ser pernambucano", diz ex-secretário de Eduardo


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 18/08/2014 às 9:45
Leitura:
Da Rádio Jornal banner Imagem: divulgação Nesta segunda-feira (18), o comunicador Geraldo Freire conversou com o o ex-secretário de Imprensa de Pernambuco nas gestões socialistas de Miguel Arraes e Eduardo Campos, Evaldo Costa, no programa Super Manhã da Rádio Jornal. Ele afirmou que a família está se reestruturando e buscando forças para continuar a luta política no Estado. Evaldo comentou a cerimônia de despedida de Eduardo Campos, ocorrida nesse domingo (17). Ele afirmou que a viúva do socialista, Renata Campos é a pessoa mais corajosa que ele conhece e que ela já está organizando a sucessão do marido no Estado. Ele disse ainda que a reunião que vai tratar da campanha de Paulo Câmara foi uma iniciativa da própria Renata. "A vida não pode parar. Eduardo faria o mesmo", disse Evaldo. Evaldo disse ainda que a nova chapa nacional tem que representar a chapa Eduardo e Marina. "Para prosperar, terá que ter algo próximo de Eduardo na chapa". De acordo com ele, o ideal é que o vice-candidato fosse um pernambucano, para que ficasse atrelado à memória de Eduardo Campos. Ouça a entrevista completa: Completando 47 anos hoje, Renata Campos se reúne com a cúpula do PSB em um casa de recepções luxuosa da Capital Pernambucana para decidir os rumos das eleições 2014. Segundo especialistas, dependendo dos caminhos que a disputa tomar, ele pode substituir o candidato a vice na chapa de Paulo Câmara, o deputado Raul Henry. Saiba mais nas reportagens de Rafael Carneiro: Leia também: Substituta de Eduardo, Marina tem mais que o dobro das intenções de voto

Mais Lidas