Missas no Recife homenageiam as vítimas do acidente aéreo em Santos

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 20/08/2014 às 8:37
Leitura:
missa-marcelo-lyra-e-severo Foto: Houldine Nascimento / JC News O sentimento de saudade deu o tom da missa de sétimo dia do fotógrafo Alexandre Severo e do cinegrafista Marcelo Lyra. As duas famílias resolveram fazer uma solenidade em conjunto, na igreja matriz do Espinheiro, na Zona Norte do Recife. Por volta das 7h30, dessa terça-feira (19), o padre Josenildo Tavares começou a cerimonia. Cânticos e orações foram ministrados durante a missa. Amigos e parentes vestiam camisas brancas que estampavam fotos dos dois assessores do presidenciável Eduardo Campos. CASA FORTE - a293f6d0a7b3dbc64b062ee594f6d270iii Foto: Alexandre Gondim / JC Imagem Centenas de pessoas ocuparam as partes interna e externa da paróquia Sagrado Coração de Jesus, em Casa Forte. A praça da Vitória Régia ficou completamente tomada pelos admiradores do ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos. Às 20h, teve início a celebração presidida pelo padre Edvaldo Gomes e que contou com a presença do arcebispo de Olinda e Recife, dom Fernando Saburido. A viúva Renata Campos e os cinco filhos acompanhavam a missa que rememorou Campos. A mãe de Eduardo, a ministra do Tribunal de Contas da União (TCU), Ana Arraes, estava ao lado da nora e dos netos.  Um telão foi colocado em frente à igreja para que o público pudesse acompanhar todo o rito. Durante a missa, a filha de Eduardo, Maria Eduarda, conduziu uma das preces. Alguns políticos marcaram presença. Casos do prefeito do Recife, Geraldo Julio, e o deputado federal pelo Rio Grande do Sul, Beto Albuquerque, agora vice da chapa do PSB, à presidência. BOA VIAGEM - Já a viúva do jornalista Carlos Percol, a também jornalista Cecília Ramos, realizou a homenagem da família às vítimas do acidente aéreo de Santos em um culto na  Catedral da Reconciliação, em Boa Viagem. Sobre a direção do bisbo Alexandre Ximenes, o culto foi marcado pela emoção e pelos momentos de oração. Cecília lembrou o marido e disse como gostaria que Percol fosse lembrado. Ele era uma pessoa feliz, amada, que amava muito e se definia como intenso. Ele vai deixar muita saudade, mas a gente vai sorrir de novo, completou.

Mais Lidas