Socialista próximo a Eduardo Campos, Beto Albuquerque será o vice de Marina Silva


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 20/08/2014 às 9:16
Leitura:
Da Rádio Jornal Ao lado direito de Eduardo, Beto Albuquerque. Foto: Agência Brasil Ao lado direito de Eduardo, Beto Albuquerque. Foto: Agência Brasil Um dos aliados mais próximos de Eduardo Campos, o deputado federal gaúcho Beto Albuquerque é indicado para candidato à vice-presidência, na chapa que tem Marina Silva no cargo principal A executiva pernambucana do PSB defendia como opção o candidato a deputado federal, Danilo Cabral, ex-secretário estadual. A chapa será oficializada nesta quarta-feira (20), em Brasília, e o lançamento oficial neste domingo (24), em Pernambuco. Confira a informação dada em primeira mão na Rádio Jorna pelo comunicador Geraldo Freire ainda na tarde desta terça-feira (19), no programa do também comunicador, Ednaldo Santos: O nome do parlamentar teve o aval da viúva Renata Campos, que declinou o convite, e da ex-ministra e ex-senadora, Marina Silva. Aos 51 anos, o advogado Beto Albuquerque exerceu dois mandatos de deputado estadual. Participou de duas gestões estaduais no Rio Grande do Sul uma como secretário de Transportes e outra na pasta de Infraestrutura. O deputado federal é o líder da bancada do PSB na câmara e estava disputando uma vaga no Senado. Durante a missa de sétimo dia da morte de Eduardo Campos, Beto Albuquerque afirmou que os acordos serão cumpridos e o programa de governo também, porque há união: Para o PSB nacional, a eleição de Paulo Câmara para governador de Pernambuco é considerada prioridade. O socialista João Lyra Neto, atual gestor estadual, diz que a nova chapa é bastante competitiva: O prefeito do Recife foi um dos articuladores da negociação em torno da nova chapa do PSB à presidência. Geraldo Julio afirma que o pensamento do grande líder Eduardo Campos será mantido com a dupla Marina Silva-Beto Albuquerque:

Mais Lidas