"Marina chegou para destruir legado de Eduardo", diz Secretário Geral do PSB


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 21/08/2014 às 15:35
Leitura:
marina1 Foto: Michele Souza/JC Imagem O Secretário Geral do PSB, Carlos Siqueira, não gostou da atitude da candidata à presidência da República, Marina Silva, na escolha do novo coordenador de campanha, o Deputado Federal Walter Feldman, do PSB-SP, da Rede Sustentabilidade. Siqueira vinha coordenando a campanha, até a morte de Eduardo Campos no último dia 13 de agosto. Segundo o Secretário, Marina Silva chegou para "destruir o legado de Eduardo Campos" e que a ex-senadora não representa o pensamento socialista. Marina Silva trocou também a coordenação da área administrativa financeira da campanha, que era alguém muito próximo ao ex-governador e substituiu por Basileu Margarido, que foi Presidente do Ibama, quando a presidenciável era Ministra do Meio-ambiente, no governo Lula.

Mais Lidas