Professor de crianças e adolescentes é preso em Caruaru acusado de pedofilia

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 27/08/2014 às 11:30
Leitura:
polícia-federal Foto: Divulgação / Polícia Federal A Polícia Federal em Pernambuco cumpriu, nessa terça-feira (26), três mandados de busca e apreensão em Caruaru e Recife. A Operação Enigmah, nome dado em alusão à um dos investigados ser assinante da conta de email que tinha o mesmo nome enigmah2009, terminou com a prisão de um professor de 37 anos no bairro caruaruense de Petrópolis, As investigações tiveram início no começo de 2013 a partir de informações encaminhadas por um grande provedor nacional de internet, que detectou a existência de um usuário criador de um site que disponibilizava pornografia envolvendo crianças e adolescentes. O crime que está sendo investigado e pode gerar pena de reclusão de 3 a 6 anos. Dos três endereços visitados pelos federais, apenas em um foi possível apreender mídias de cds, notebook, dvds e discos rígidos. A partir deste material, os peritos criminais federais conseguiram provas para prender de imediato o professor de 37 anos que trabalha exercendo a função de educador em um projeto do Governo do Estado com crianças, adolescentes e idosos numa escola de Caruaru. Saiba mais na reportagem de Clarissa Siqueira: Durante interrogatório, o preso informou que vinha acessando sites de pornografia infantil e trocando arquivos com outras pessoas suspeitas via e-mail há dois anos, no intuito de descobrir quem são os criminosos que molestam e atacam criança através da pedofilia, porém nunca prejudicou qualquer criança ou manteve relação sexual com nenhuma delas. A polícia está investigando a hipótese.

Mais Lidas