Buscando avançar no Nordeste, Dilma e Lula fazem campanha em Petrolina e no Recife


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 04/09/2014 às 14:04
Leitura:
Da Rádio Jornal Foto: reprodução/twitter @MudaMais Dilma e Lula posaram ao lado de responsáveis pela obra da transposição do Rio São Francisco. Foto: reprodução/twitter @MudaMais Nesta quinta-feira (4), a presidenta Dilma e o ex-presidente Lula participam de atos de campanha no Nordeste. À tarde, enquanto Lula participa de caminhada em Petrolina com o candidato a governador de Pernambuco pelo PTB, Armando Monteiro, Dilma faz ato em Fortaleza, capital cearense. Por volta das 19h, os petistas se encontram para um comício em Brasília Teimosa. Essa é a terceira vez que Dilma vem ao estado em menos de um mês. A ideia é reconquistar a liderança no Nordeste, uma região que tradicionalmente vota no PT, mas que vem garantindo espaço para crescimento de Marina Silva. No palanque, também estarão Armando Monteiro, candidato a governador, e João Paulo, candidato ao Senado, além de outras lideranças políticas do estado. Os coordenadores das campanhas nacional e estadual esperam que 20 a 30 mil pessoas participem dos eventos. Na última pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisa Maurício de Nassau (IPMN), publicada no Jornal do Commercio do último domingo (21/08), Marina Silva, herdeira política de Eduardo Campos, aparece com 41% das intenções de voto no Estado. A presidente Dilma Rousseff (PT), candidata à reeleição, perde o posto de liderança conquistada em pesquisa anterior contra Eduardo e chegou a 35%. CENÁRIO NACIONAL Nessa quarta-feira (3), dois institutos de pesquisa divulgaram resultados de consultas públicas de intenções de voto. Na pesquisa do Ibope, Dilma ganhou três pontos e chegou a 37%, Marina ganhou quatro pontos e chegou a 34%, enquanto Aécio caiu quatro pontos e está com apenas 15%. O cenário consolida uma disputa entre a petista, Dilma Rousseff, com a ex-petista e ex-verde, Marina Silva. Se isso se consolidar, será a primeira vez desde as eleições de 1989, quando Collor foi eleito, que o PSDB está fora dos dois primeiros lugares da eleição presidencial. Na simulação de segundo turno, Marina fica na frente com 46% e Dilma fica atrás com 39%. Na pesquisa para presidente realizada pelo Datafolha, Dilma aparece com 35% e Marina com 34%, no Primeiro turno. Aécio caiu mais no Datafolha e está com 14 pontos percentuais. Na simulação de segundo turno, pelo Datafolha, Marina alcança 48% e Dilma 41%.

Mais Lidas