Colecionador de armas de guerra recebe R$ 4 mil por entregar material à PF

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 05/09/2014 às 9:40
Leitura:
Do JC Online armas Foto: Polícia Federal / Divulgação Na última quinta-feira (4), um colecionador de armas procurou a a Polícia Federal (PF) de Pernambuco para entregar nove armas de uso restrito das Forças Armadas e usadas apenas em guerras. O material foi entregue durante a Campanha do Desarmamento. O colecionador afirmou não ter mais interesse em guardá-las. Em troca, ele recebeu uma indenização de R$ 4.050. [Ouça na reportagem de Clarissa Siqueira] Foram entregues duas metralhadoras Browing americanas calibre 30, com capacidade de disparar 600 tiros por minutos; uma submetralhadora Guide americana calibre 45, três rifles calibre 22 e três fuzis calibre 7 milímetros. O colecionador recebeu, pelo tipo e calibre das armas, que são consideradas de extrema letalidade, R$ 4.050 de indenização, sendo R$ 450,00 por arma, valor máximo que é pago pela campanha. A Campanha do Desarmamento ainda garante o anonimato da pessoa que fizer a entrega. A campanha aponta que, desde maio de 2011 até este mês, um total de 7.440 armas e 13.610 munições já foram entregues em Pernambuco. Os números correspondem a entrega de sete armas por dia. De munições, são entregues em média 15 por dia. Aqueles que quiserem entregar uma arma devem primeiro acessar o site da campanha e preencher uma guia de trânsito, que tem validade de um dia. Caso a pessoa seja parada por uma blitz policial, estará acobertada de qualquer apreensão ou prisão.

Mais Lidas