Prédios públicos vão usar energia solar comprada pelo governo de Pernambuco

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 09/09/2014 às 10:58
Leitura:

Com informações do Jornal do Commercio

df71859d10b06d7e6c15eec2f65abe92 Foto: Giovanni Sandes / JC O Centro de Convenções e os Portos do Recife e Suape, entre outros 119 prédios públicos do governo estadual, a partir de 1º de julho de 2014, começarão a comprar eletricidade de usinas solares instaladas do litoral ao Sertão. É o novo uso para o primeiro leilão dessa fonte de energia no País, realizado por Pernambuco em dezembro passado. A compra direta desatou um nó do leilão, que deu certo no incentivo aos produtores de energia, mas estava travado na venda.

Em entrevista à JC News com Antônio Martins Neto, o secretário de infraestrutura de Pernambuco, João Bosco de Almeida, explica que o objetivo é mostrar que a energia solar é viável e que pode se tornar ainda mais barata:

Mais Lidas