Por se sentir violada em dividir banheiro, mulher coloca homossexual na justiça

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 12/09/2014 às 15:53
Leitura:
Funcionária de empresa entrou na justiça depois de sentir que sua privacidade foi violada por ter que dividir o vestiário feminino do local onde trabalha com um empregado homossexual. A decisão da Justiça do Trabalho destacou que obrigar o transgênero a usar um vestiário especial seria reafirmar o preconceito e a discriminação. Para entender um pouco mais do assunto, Wagner Gomes conversa com o advogado Ney Araújo, que traz explicações e esclarecimentos sobre o caso.

Mais Lidas