Cooperação entre Defensoria Pública e Secretaria de Saúde vai ajudar na doação de órgãos


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 15/09/2014 às 11:04
Leitura:
Da Rádio Jornal Atualizada às 15h05 Campanha de doação de órgãos 2014. Fonte: Ministério da Saúde Campanha de doação de órgãos 2014. Fonte: Ministério da Saúde Quando uma pessoa morre, a família é quem autoriza o procedimento de doação de órgãos, mesmo que, em vida, a pessoa tenha externado a vontade de doar ou de não doar. Existem casos em que a falta de documentação necessária impede a retirada de qualquer parte do corpo. A partir desta segunda-feira (15), a Defensoria Pública Estadual vai prestar assistência jurídica aos parentes dos doadores. O termo será assinado às 12h, na sede da Secretaria Estadual de Saúde, no bairro do Bongi, na Zona Oeste do Recife. Fabrício Lima, subdefensor público geral diz que a iniciativa vai trazer benefícios para toda a coletividade: A repórter Ísis Gomes conversou com Noemi Gomes, da Central de Transplantes:

Mais Lidas