Servidores da UFPE paralisam atividades no terceiro dia letivo para cobrar promessa do reitor


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 17/09/2014 às 11:43
Leitura:

UFPE_470_AC Foto: Arnaldo Carvalho / JC Imagem

A Universidade Federal de Pernambuco ainda sofre os efeitos de uma greve prolongada dos professores em 2012. E, nesta quarta-feira (17), os técnico-administrativos suspendem os serviços, principalmente no Hospital das Clínicas, na Cidade Universitária.

A categoria cobra o cumprimento da promessa do reitor Anísio Brasileiro da jornada de trinta horas.

Everaldo Araújo, integrante da diretoria do Sintufepe, sindicato que representa a categoria, fala do protesto:

Mais Lidas