Escoceses vão às urnas para definir se país permanece no Reino Unido

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 18/09/2014 às 11:41
Leitura:

Com informações da Agência Brasil

Mais de 4 milhões de escoceses vão às urnas, nesta quinta-feira (18) para decidir se a Escócia deve permanecer no Reino Unido ou se tornar independente. Ao todo, 2.608 locais de votação estão abertos desde as 7h (horário de Londres, 3h em Brasília) e fecharão às 22h. O ex-primeiro-ministro britânico Gordon Brown, um dos líderes da campanha contra a separação, e o primeiro-ministro escocês, Alex Salmond, grande defensor da independência, votaram no início da manhã.

A contagem de votos começa assim que as urnas forem fechadas e deve seguir pela madrugada. O resultado final será divulgado oficialmente às 7h desta sexta-feira (19).

Personalidades britânicas manifestaram suas posições em relação ao referendo. Hoje, pelo Twitter, o tenista britânico Jamie Murray disse que é hora de a Escócia ficar de pé e controlar seu próprio destino. A estilista Vivienne Westwood e o ator Sean Connery também são a favor da independência, enquanto estrelas como Paul McCartney, Mick Jagger e o ex-jogador David Beckham são contra. A escritora J. K. Rowling, autora do livro Harry Potter, doou 1 milhão de libras esterlinas (quase R$ 4 milhões) para a campanha contra a separação.

Em entrevista à JC News com Antônio Martins Neto, o cientista político Antônio Henrique Lucena explica quais as consequências e as incertezas, no caso da separação:

Mais Lidas