Polícia Federal desarticula quadrilha que trazia drogas do Centro-Oeste o Nordeste

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 18/09/2014 às 14:44
Leitura:
A Operação Pedra 90? da Polícia Federal terminou com a prisão de oito pessoas, sendo uma delas em Pernambuco, acusadas de integrar uma quadrilha de tráfico interestadual de drogas. A operação foi realizada em cinco estados do Norte e Nordeste do País e desarticulou a equipe, que também praticava lavagem de dinheiro. Oito pessoas foram presas e levadas para Alagoas. Os criminosos compravam crack no Mato Grosso e revendiam no Nordeste. Rodrigo Ayres Neves, 31 anos, foi preso nessa quarta-feira (17) em São Lourenço da Mata. O agente de segurança, natural de Rondônia, era um dos distribuidores da droga em Pernambuco. Ele foi enviado para o Sistema Prisional em Alagoas. O homem foi autuado por tráfico interestadual de entorpecentes e associação criminosa. Caso seja condenado, ele poderá pegar penas que somadas ultrapassam os 25 anos de reclusão. Saiba mais na reportagem de Rafael Carneiro: Foram presos na operação um chefes da organização, Cícero Bezerra da Silva, que era dono de um haras em Palmeira dos Índios (AL); Greuber Aristóteles Ribeiro e Deivit Roberto Dezan, que estavam em liberdade após transportar 90 quilos e 202 quilos de crack, respectivamente, e foram presos novamente. Os outros presos foram Eliane Magalhães Dezan, encontrada em Aracaju (Sergipe),  Fábio Antônio Dezan, responsável pela remessa da droga de Mato Grosso para Aracaju, em Cuibá (Mato Grosso); Marciliano Alves Fernandes, locutor de vaquejadas, que respondia pelo crime de tráfico de drogas, por ter sido flagrado transportando 65 quilos de crack em 2013, em um caminhão boiadeiro; e Nilo Soares, que utilizava nomes falsos e estava foragido da justiça do Mato Grosso por roubo e formação de quadrilha.

Mais Lidas