Bom vinho pode ser bebida adequada até para a praia do fim de semana, garantem especialistas

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 22/10/2014 às 12:44
Leitura:

debs

O debate na JC News com Antônio Martins Neto, desta quarta-feira (22), dia do enólogo, falou sobre a indústria do vinho no Brasil e, especialmente em Pernambuco, que tem destacada produção no Vale do São Francisco há 30 anos.

Tomar e conhecer vinhos muitas vezes é tido como sinal de distinção social, hábito caro e refinado. No entanto, tomar um bom vinho não precisa custar muito dinheiro no bolso e, mesmo quando custa, o retorno vale a pena, garantem especialistas. A bebida é inadequada ao clima tropical brasileiro? E um vinho na praia é adequado? E com feijoada?

Na entrevista, especialistas desmitificaram crenças de que o vinho só deve ser tomado em clima fio e em situações especiais. Participaram do programa o diretor comercial da Vinibrasil, vinícola produtora dos vinhos Rio Sol, João Santos, o gerente comercial da distribuidora Ingá Vinhos, Fabrício Navarro, e o especialista em vinhos, Helton Silva. Ouça na íntegra:

Mais Lidas