Repertório sacro e até hino do San Lourenzo vão ser apresentados pela Orquestra Cidadã do Coque para o papa Francisco

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 22/10/2014 às 12:10
Leitura:

807d998f7490c0eeb8acad7947fa0679 Foto: Michele Souza / JC Imagem

No próximo dia 31, os meninos e meninas da Orquestra Cidadã do Coque, do Recife, vão tocar para o papa Francisco no Vaticano. Eles serão o primeiro projeto social musical brasileiro a se apresentar para o pontífice. A apresentação será em evento da Catholic Fraternity, comandada por Gilberto Barbosa, que, amigo pessoal do juiz João Targino, coordenador da orquestra, convidou os pernambucanos.

No repertório, músicas sacras, além de canções prediletas do papa, que tem como principal compositor Johann Sebastian Bach. Até o hino de San Lourenzo deve ser apresentado para a principal autoridade católica do mundo.

Em entrevista à JC News com Antônio Martins Neto, o juiz João Targino traz detalhes da apresentação e da expectativa dos pequenos músicos para a apresentação especial para o papa argentino:

A Orquestra Cidadã do Coque surgiu de projeto social em um dos bairros mais pobres do Recife, onde a população é constantemente ameaçada de despejo, por causada da especulação imobiliária na capital pernambucana.

Mais Lidas