Camaronês repatriado pela PF em Pernambuco já havia tentando entrar no Brasil outras vezes

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 24/10/2014 às 13:25
Leitura:

Da Rádio JC News

A Polícia Federal em Pernambuco divulgou, nesta sexta-feira (24), os detalhes do repatriamento do camaronês Onobo Happy Wilfred, de 31 anos, natural de Yaounde, encontrado à bordo de um navio de bandeira do Panamá. O passageiro clandestino passou 15 dias no Recife, já que o Brasil foi o único país que aceitou levar o camaronês de volta ao seu país de origem.

Durante este período em que ficou em solo brasileiro, Onobo prestou depoimento à Polícia Federal e disse que embarcou de maneira clandestina por não ter oportunidade na República de Camarões.

Giovani Santoro, chefe de comunicação da Polícia Federal em Pernambuco, disse que esta não é a primeira vez que o homem foi repatriado para o seu país. Só no Brasil, foram três vezes. "Ele só foi acolhido aqui no Brasil pois o país tem uma política de direitos humanos", justificou.

O camaronês já foi embarcado para o seu país de origem, mas só deve chegar ao seu destino às 21h.

Confira os detalhes no flash de Clarissa Siqueira:

Mais Lidas