Evento discute mortalidade materna da mulher negra em Pernambuco

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 29/10/2014 às 13:00
Leitura:
Nesta quarta-feira (29), a mortalidade materna da mulher negra vai ser discutida em evento no Cremepe, a partir das 14h. Números apontam que o maior número de óbito materno são de mulheres negras - pretas e pardas, solteiras, com pouca escolaridade, e que são atendidas pelo SUS. Em entrevista à JC News com Antônio Martins Neto, a coordenadora da Política Municipal da População Negra, Sonih Araújo, traz detalhes do diagnóstico. De acordo com ela, a processo de discriminação e o racismo institucional são um reflexo da abolição que se deu no Brasil, em que não se garantiu o acesso dos negros a políticas públicas.

Mais Lidas