Filho de Zé Maria diz que pai se apresentou à polícia para comprovar inocência

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 29/10/2014 às 14:27
Leitura:

zé-maria-tv-jornal Suspeito se apresentou à Polícia Federal, nessa terça-feira (28) Foto: Reprodução / TV Jornal Um dia após o fazendeiro José Maria, de 55 anos, indicado como possível mandante do assassinato do promotor de Itaíba, Thiago Faria Soares, seguir para o Cotel, em Abreu e Lima, o filho mais velho de Zé Maria, o advogado Leandro Ubirajara, comenta que a apresentação do pai foi em busca de resolver o crime e comprovar a inocência dele.

Depois de passar pouco mais de um ano foragido, o fazendeiro se apresentou à sede da Polícia Federal, nessa terça-feira (28), acompanhado da esposa e dos advogados.

O assassinato do promotor aconteceu na PE-300, entre os municípios de Águas Belas e Itaíba, no Agreste de Pernambuco, quando Thiago dirigia o próprio carro e foi atingido por quatro tiros de espingarda calibre-12.

Segundo informações da Polícia Civil, Thiago Faria teria sido assassinado devido à disputa de terras da Fazenda Nova, que fica em Águas Belas e é de propriedade da noiva dele, Mysheva Martins. O caso passou a ser investigado pela Polícia Federal em setembro deste ano, a pedido do Ministério Público Federal, e por ordem do Superior Tribunal de Justiça.

Mais Lidas