Por falta de atendimento, paciente perde a paciência, invade e quebra posto de saúde


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 29/10/2014 às 12:16
Leitura:
Da Rádio Jornal José Cícero, um agricultou que mora mo Sítio Mochila, no Distrito de Miracica, em Garanhuns, tomou uma atitude drástica em relação ao mal atendimento da saúde na cidade. Ele invadiu um posto de saúde e quebrou portas, janelas e alguns objetos. Ele foi preso e teve que pagar fiança de um salário mínimo para ser liberado. O agricultor alega que aatitude foi reflexo do desespero pela falta de assistência. Ele tem três filhos com deficiências e os agentes de saúde não vão à casa dele há mais de seis meses. Além disso, José Cícero diz que a médica que atende no posto de saúde está há três meses sem ir trabalhar. Em resposta, a Secretaria de Saúde afirmou que a médica será demitida por faltar muito e que o atendimento à família de José Cícero deve ser normalizado até a sexta-feira (31). Confira a reportagem completa de Eduardo Peixoto, da Rádio Jornal Garanhuns:

Mais Lidas