Operação desarticula esquema de venda ilegal de combustível e gás de cozinha no Agreste


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 31/10/2014 às 9:57
Leitura:
Da Rádio Jornal Foto: Polícia Civul/Divulgação Foto: Polícia Civul/Divulgação Ao todo, oito prisões foram realizadas nas cidades de Poção, Belo Jardim, Alagoinha e Pesqueira. A maior parte das informações da ação deflagrada nesta quinta-feira (30) partiu do Disque Denúncia. A venda de produtos sem autorização da agência nacional de petróleo é punida com pena de um a cinco anos de cadeia. Entre os detidos, está Maria da Luz De Souza Costa, pega com dez botijões de GLP em Pesqueira. Na casa de José Cordeiro Filho, em Poção, foram apreendidos 30 litros de combustível vendido irregularmente por três reais e cinquenta o litro. Já Cloves Pereira do Nascimento vendia na casa dele em Alagoinha, além de gasolina, gás de cozinha, o que implica risco de acidentes. Fernando Austriclínio da Silva e José Torres de Freitas foram presos em Belo Jardim. Eles estavam com 24 e 28 botijões de gás, respectivamente. Também em Pesqueira, foram presos Sílvio Gomes dos Santos,  com 10 botijões de gás, José Maria Martiniano, com 22 litros de gasolina e Livramento José Emídio Ferreira com 30 litros de gasolina e sete litros de óleo diesel, já separados em garrafas plásticas e prontos para a comercialização. A delegada da seccional de Belo Jardim, Poliane Farias, diz que os acusados não tinham conhecimento entre si: Os homens foram recolhidos para o Presídio Desembargador Augusto Duque, em Pesqueira e a mulher encaminhada para a Colônia Penal Feminina de Buíque.

Mais Lidas